Uma estratégia de marketing deve sempre contar com conteúdo de qualidade para distribuir para o seu público. A ideia por trás dos materiais ricos consiste em oferecer algo mais aprofundado para que determinados temas sejam desenvolvidos para impactar continuamente a audiência e aproximá-la cada vez mais do seu produto.

Materiais ricos são excelentes maneiras de gerar leads para a sua empresa. Basta trazer esse conteúdo em troca de dados estratégicos que os seus visitantes devem inserir para realizar o download. A partir dessas informações, você poderá inseri-los em um funil de vendas e impactá-los com ofertas cada vez mais estratégicas.

Para que tudo funcione corretamente, é necessário usar os tipos de materiais ricos adequados. Existem várias possibilidades para experimentar e as escolhas certas dependerão do perfil da sua audiência e os seus objetivos. Na dúvida, faça experimentos e mensure seus resultados para ter certeza da eficácia de suas decisões.

Veja, a seguir, os principais tipos de materiais ricos que você pode utilizar em sua estratégia!

E-books

Criar um e-book é uma forma de concentrar informações mais aprofundadas em um formato fácil de consumir e que será atraente para o público que precisar dele. Esse é um dos tipos de materiais ricos que podem ser usados em todas as etapas do funil de vendas, pois o que vai variar é o nível de complexidade do assunto abordado.

Utilize e-books para desenvolver temas que necessitam de mais espaço do que um post de blog ou outros tipos de materiais ricos que não tenham essa possibilidade. Você pode separá-lo em seções, usar imagens, inserir links para outros conteúdos e disponibilizar tudo em um formato fácil de ler.

Infográficos

Certas informações ficam mais fáceis de serem absorvidas quando dispostas em um infográfico. Se você tem dados estatísticos que precisam ser divulgados ou até mesmo algum tipo de explicação complexa demais para trazer apenas em texto, você pode oferecer infográficos para o seu público-alvo na esperança de convertê-lo.

É importante que o infográfico tenha um bom equilíbrio entre imagens e texto. Se você perceber que há muitas palavras, pode ser que o formato de e-book seja a melhor solução. O intuito do infográfico é utilizar o visual para imprimir um significado mais rico ao conteúdo.

Webinars

Que tal trazer um especialista para desenvolver algum tema pertinente às necessidades do seu público? Um dos materiais ricos que você pode criar é o webinar, uma abreviação de web-based seminar, como se fosse uma palestra transmitida para sua audiência. Consiste em uma ou mais pessoas desenvolvendo um tema diante da plateia com atenção especial às dúvidas enviadas ao vivo.

Um webinar pode continuar a proporcionar bons resultados para você mesmo após a sua realização. Basta gravá-lo e disponibilizá-lo para ser assistido depois, com a devida captação de dados restringindo o seu acesso.

Trials (demonstrações)

O seu produto permite algum tipo de teste antes de ser adquirido ou contratado? Então vale a pena considerar um dos materiais ricos que podem agilizar a sua geração de leads: trials, ou demonstrações. Basta dar aos interessados um acesso restrito às funcionalidades do seu produto para que possam degustar de como ele realmente é após a contratação.

Oferecer ao seu potencial cliente a possibilidade de testar o seu serviço antes de contratá-lo é algo que pode aumentar substancialmente as suas chances de venda. Afinal, é um jeito de transmitir mais confiança às pessoas para se certificarem de que gostam mesmo do que você está trazendo.

Tendo em mente esses tipos de materiais ricos, você já pode começar a estruturar a sua estratégia de marketing com foco neles. Leve em consideração o perfil do seu público-alvo e tente entender quais tipos de necessidades ele possui. Ofereça a ele o que precisa por meio do conteúdo certo, com o nível de aprofundamento adequado para transmitir credibilidade e agregar valor à vida dele.

Quer ajuda nesse processo? Entre em contato conosco por meio do site!